top of page
  • Gustavo Santos

Geração de Crédito de Carbono Sobe no 1º Trimestre de 2024

No primeiro trimestre de 2024, a geração de créditos de carbono aumentou 4%, resultando em 91 milhões de toneladas de CO2 equivalente (tCO2e) em novos ativos. Este crescimento foi impulsionado apesar de um mercado voluntário desafiador, gerando US$ 1,1 bilhão em transações. Mesmo com o aumento da oferta, os preços dos créditos de carbono permaneceram baixos, com uma média de US$ 3,40 por tCO2e. Esse cenário reflete uma demanda crescente por projetos de maior integridade, ainda que a maioria dos créditos disponíveis não atenda a esses critérios mais rigorosos.


Um estudo recente apontou aceleração nas aposentadorias de créditos de carbono, um aumento de 9% em relação ao mesmo período de 2023. Este fenômeno se deve, em parte, à limpeza de portfólio e à desvalorização de ativos devido a mudanças metodológicas. A integridade dos projetos é uma preocupação crescente, especialmente em iniciativas de conservação florestal (REDD+), que sofreram críticas e impactaram negativamente os preços, agora negociados a US$ 3,08 por tCO2e.





No entanto, projetos de alta integridade, como os de restauração florestal, têm uma demanda superior à oferta. A expectativa é que o preço desses créditos, atualmente em US$ 11,80 por tCO2e, suba para até US$ 40 por tCO2e com o amadurecimento dos novos projetos. O Brasil se destaca na liderança do mercado de carbono na América do Sul, com 40% dos projetos da região. No primeiro trimestre, o país emitiu 16,9 milhões de tCO2e em créditos de carbono, majoritariamente provenientes de projetos REDD+.


O Brasil está reforçando seu compromisso com a sustentabilidade ao expandir significativamente a geração de créditos de carbono. Esse movimento estratégico visa não apenas combater as mudanças climáticas, mas também promover benefícios econômicos e sociais em todo o país. Com sua vasta extensão de florestas tropicais, desempenha um papel crucial na captura de carbono. A expansão dos projetos de créditos de carbono está incentivando a conservação e o reflorestamento, contribuindo de maneira significativa para a mitigação das mudanças climáticas e a preservação da biodiversidade.


Além dos benefícios ambientais, a comercialização de créditos de carbono está gerando novas oportunidades econômicas. Proprietários de terras, empresas e comunidades locais estão vendo um aumento nas receitas, o que resulta na criação de empregos e no desenvolvimento de infraestrutura. Projetos de crédito de carbono, como os promovidos pela ACC, também incluem programas sociais que beneficiam as comunidades locais, oferecendo educação continuada, serviços de saúde, combate ao assédio sexual e acesso a água potável e saneamento básico.


O aumento na geração de créditos de carbono também fortalece a posição do Brasil no mercado global de sustentabilidade. Com a implementação de tecnologias avançadas para monitoramento, quantificação e certificação de carbono, o país está atraindo investimentos estrangeiros e firmando parcerias internacionais. Essa inovação tecnológica não apenas melhora a eficiência dos projetos de carbono, mas também tem potencial para ser aplicada em outros setores econômicos.


A Amazon Connection Carbon (ACC) oferece serviços especializados na gestão de projetos de crédito de carbono, incluindo compra e venda de créditos, quantificação de emissões, e certificação e verificação de projetos. Com um compromisso firme com a sustentabilidade e a valorização das comunidades locais, estamos prontos para ajudar sua empresa a se engajar em práticas ambientalmente responsáveis e economicamente vantajosas.


Conecte-se conosco:


0 comentário

Comments


bottom of page