top of page
  • Gustavo Santos

Startup quer ajudar o agro a deixar de ser vilão das abelhas

Do Pará ao Rio Grande do Sul, milhões de abelhas frequentemente se tornam notícia, relembrando o impacto delas na biodiversidade e sendo os polinizadores mais eficientes do mundo. Com o uso de agrotóxicos, essas abelhas começaram a sofrer, atingindo um patamar alarmante de 500 milhões de abelhas perdidas em um único ano em diferentes estados do Brasil. Em resposta a essa crise, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) restringiu parcialmente o uso de fipronil, um inseticida prejudicial às abelhas, permitindo seu uso apenas no solo e não na pulverização.

Em 2019, surgiu a GeoApis, uma plataforma que usa georreferenciamento para conectar produtores rurais com apicultores. O aplicativo da GeoApis é gratuito para apicultores, que emite um aviso num raio de até seis quilômetros sobre o manejo agrícola programado, pedindo que monitorem suas abelhas. A startup combina tecnologia com trabalho de campo, realizando estudos do território para registrar colmeias, apiários e espécies de abelhas, além de áreas de produção agrícola familiar e orgânica.

As abelhas são fundamentais para a agricultura devido à sua eficiência na polinização, responsável por aproximadamente 70% das culturas alimentares do mundo. Elas aumentam a quantidade e a qualidade dos produtos agrícolas, essenciais para a sustentabilidade econômica dos agricultores. Além disso, ajudam na manutenção da biodiversidade e na saúde dos ecossistemas naturais, sustentando uma ampla gama de formas de vida. Sem as abelhas, muitas plantas não conseguiriam se reproduzir, afetando toda a cadeia alimentar e a estabilidade dos ecossistemas.

Na obtenção de créditos de carbono, as abelhas indicam a saúde dos ecossistemas, que são mais eficazes na absorção de CO2. Projetos que protegem habitats naturais para abelhas podem ser elegíveis para créditos de carbono, promovendo práticas sustentáveis e aumentando a credibilidade desses projetos. A inclusão de iniciativas de conservação de abelhas pode atrair mais investidores, além de cumprir regulamentos ambientais rigorosos. A proteção das abelhas também pode integrar um novo mercado de créditos de biodiversidade, recompensando práticas que protegem e regeneram a biodiversidade, proporcionando uma nova fonte de renda para agricultores e comunidades envolvidas.

A Amazon Connection Carbon reforça seu compromisso com o cuidado das abelhas, a biodiversidade e a sustentabilidade. Sediada na Amazônia, a ACC é especializada na gestão de projetos de crédito de carbono, com um compromisso firme não apenas com a sustentabilidade ambiental, mas também com o respeito e a valorização das comunidades locais e dos conhecimentos tradicionais. Nossa abordagem incorpora a observância rigorosa de direitos e salvaguardas associadas aos projetos de carbono, assegurando que nossas iniciativas promovam benefícios tangíveis para as comunidades envolvidas, ao mesmo tempo em que contribuem para a conservação da biodiversidade amazônica.


Conecte-se conosco:


0 comentário

Comments


bottom of page